Aprendendo

DEFICIÊNCIAS

A Constituição Federal tem como um de seus fundamentos a dignidade da pessoa humana e inclui, dentre os direitos sociais. Esse fundamento, sem dúvida, se aplica também à pessoa com deficiência que, conforme o Artigo 3° do Decreto federal n° 3.298/ 1999, deficiência é entendida como todo e qualquer comprometimento que afeta a integridade da pessoa e traz prejuízos na sua locomoção, na coordenação de movimentos, na fala, na compreensão de informações, na orientação espacial ou na percepção e contato com as outras pessoas.

Física

Física

Visual

Visual

Auditivo

Auditivo

Intelectual

Intelectual

Múltipla

Surdo
cegueira

MOBILIDADES REDUZIDAS

Às vezes não é a deficiência em si que faz com que uma pessoa precise de algum tipo de adaptação. Pessoas com essas características se deslocam, em geral, com a ajuda de equipamentos auxiliares: bengalas, muletas, andadores e cadeiras de rodas. Por tanto, é necessário considerar o espaço de circulação juntamente com os equipamentos que as acompanham.

Idoso

Idoso

Uso de
muletas

Obeso

Obeso

Gestante

Gestante

Criança

Criança

 

DICAS DE CONVIVÊNCIA

As Barreiras Atitudinais somente serão derrubadas com a maior participação das pessoas com deficiência em todas as dimensões da sociedade. Informação é fundamental para vencer as barreiras do preconceito e da discriminação, promovendo o respeito à diversidade humana.

Primeiras Dicas

  • Sempre que quiser ajudar, pergunte qual é a melhor maneira de proceder;
  • Não se ofenda caso a oferta for recusada, pois nem sempre a ajuda é necessária;
  • Bom senso e naturalidade são essenciais no relacionamento com as pessoas com deficiência. Trata-se conforme a sua idade, se for uma criança, trate-a como uma criança. Caso seja um adulto, trate-a como um adulto.
Física

Física

Visual

Visual

Auditivo

Auditivo

Intelectual

Intelectual

Múltipla

Surdo
cegueira

© 2012 - Copyright ARPA Acessibilidade. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade.